Sempre gostei de listas e recomendo em todos meus cursos que as pessoas passem a usá-las. Listas são ótimas, pois ajudam a organizar informações e pensamentos, dão mais clareza e foco, permitem acompanhar o avanço de tarefas, ajudam a não esquecer obrigações e motivam a entrar em ação. (Note, aliás, como essas informações que acabei de passar estão em uma espécie de lista e como é muito mais fácil entender e acompanhar ao organizar o material dessa maneira.)

As listas de alta performance que tenho em funcionamento atualmente são as dez que apresento a seguir. É muito divertido e estimulante acompanhá-las – a vida nunca fica chata ou desmotivada com um desafio de ver as listas diminuindo de tamanho (mesmo que isso signifique que, em breve, elas crescerão novamente). Que tal você começar as suas?

1) Lista de coisas a fazer

Chamo essa primeira lista de PLM (processo de limpeza mental) ou de “borboletas mentais”. É o simples ato de colocar no papel TUDO que precisa ser executado por você nos próximos dias. Sim, TODAS as pendências. Minha sugestão é que essa lista seja feita à noite. Antes de dormir, coloque no papel as tarefas que estão no seu radar para o dia seguinte e para os próximos. Isso vai ajudá-lo a se organizar melhor, a priorizar, a separar o que é importante do que é urgente, a dividir melhor seu dia e, inclusive, a DORMIR melhor.

Quem tem agenda sabe do que estou falando. Eu não tenho agenda, prefiro papel e caneta ou o Google Calendar. Mas a lógica é a mesma: apareceu uma tarefa ou demanda nova, anote na sua lista de “a fazer” e, depois de tê-la cumprido, risque da lista. Funciona!

2) Livros para ler

Tenho sempre uma pilha de livros para ler e também uma lista de autores/outros livros que estão na fila para quando eu tiver tempo ou quiser me aprofundar no assunto. Dessa forma, sinto que estou constantemente conhecendo materiais e escritores que agregam à minha vida de alguma forma e me obrigo sempre iniciar uma nova leitura depois da outra. A sensação de ver a lista diminuindo (ao mesmo tempo em que aumenta, claro) é ótima.

3) Filmes para assistir

Mesma lógica da lista de livros, só que para filmes. Como tenho pouco tempo para ir ao cinema com a frequência de que gostaria (adoro ir ao cinema), acabo assistindo nas viagens internacionais que faço ou no iPad (viva a Netflix). Ultimamente, tenho incluído seriados de TV também (House of Cards e Game of Thrones estão lá hoje).

4) Cidades ou países do mundo que vou conhecer antes de morrer

Antes, eu chamava essa lista de “lugares do mundo que quero conhecer”. Depois de começar a estudar, praticar de verdade e ensinar a alta performance, mudei para “lugares que VOU conhecer” (a mudança de verbo faz toda a diferença!). Estão lá: Japão, Kauai, Bali, Bora Bora, China e muitos outros. E você: que países do mundo VAI conhecer?

5) Lugares do mundo que vou conhecer antes de morrer

Essa lista é diferente da anterior, pois nela eu incluo pontos específicos que quero ver. Por exemplo: as pirâmides do Egito, a Grande Muralha da China, os lençóis maranhenses, o Aconcágua, o Everest (não preciso nem subir… se chegar no primeiro acampamento base já está ótimo) e assim por diante. Visitei duas coisas dessa lista recentemente – o Grand Canyon (EUA) e o Old Faithful, o gêiser do parque Yellowstone (EUA).

6) Restaurantes do mundo onde vou comer

Incluo nessa lista principalmente lugares diferentes, como restaurantes embaixo da água, dentro de uma caverna, em cima de uma árvore, a confeitaria mais velha de algum lugar, castelos, etc. Ou seja, olhando bem para a minha lista, fica claro que, no fundo, a experiência é muito mais importante do que a comida. 🙂

7) Grandes projetos para o ano

Todos os anos, escolho dois novos grandes projetos para começar e me dedico a fazer com que sejam um sucesso (compreendendo “sucesso” como uma excelente avaliação dos clientes e resultados financeiros sólidos, de seis ou sete dígitos). Cuidar deles com carinho ao longo do ano ajuda a facilitar o caminho rumo aos resultados desejados.

8) Frases inteligentes

Comecei fazendo em um documento do Word, hoje uso o Evernote. Quando vejo um comentário, um parágrafo ou uma frase inteligente, copio e colo. Quando preciso de inspiração, é só começar a reler essas frases que SEMPRE encontro algo adequado para o momento.

9) Lista da gratidão

Essa é outra lista que faço todo dia à noite, antes de dormir. Coisa rápida, sem muita burocracia. Com o passar do tempo, tenho sentido que naturalmente faço também antes das refeições. Virou um hábito – antes de começar a comer, paro por dois segundos, respiro, agradeço a refeição, a oportunidade de estar ali, relembro rapidamente as coisas boas daquele período. A comida fica sempre mais gostosa assim.

10) Meus valores, que acabaram quase que virando um mantra pessoal

Alegria, saúde, foco, humor, flexibilidade, força, calma, paciência, produtividade, gentileza, humildade, energia! Nem sempre consigo praticar todos, mas é o que me guia.

E você: o que tem nas suas listas?

Abraços de alta performance.

Raul Candeloro é palestrante e editor da revista VendaMais. Autor de vários livros, é também diretor executivo da Small Giants Community, diretor do Instituto VendaMais e sócio-diretor da Soluções VendaMais.

PAP – Princípios da Alta Performance

 

Pin It on Pinterest